Home - Institucional - Perguntas Frequentes
Perguntas Frequentes

1. Como faço para adquirir um Plano Funerário Max Domini ?
- Bastar entrar em contato com a central de atendimento pelo telefone (91) 3249-6600, e agendar uma visita.

2. O Plano Funerário Max Domini determina alguma limitação quanto a idade?
- Não. Qualquer pessoa pode ser dependente do plano, entretanto o responsável pelo contrato deve ser maior de 18 anos.

3. Quem posso incluir no Plano Funerário Max Domini?
- Pai, Mãe, Cônjuge, Filhos, Sogro, Sogra, e mais dois dependentes extras.

4. Qual a área de abrangência que o Plano Funerário oferece?
- A área abrange as cidades de Belém, Ananindeua e Marituba.

5. Como proceder em caso de falecimento ?
- Preferencialmente, um parente de primeiro grau deve dirigir-se a Max Domini, munido de pelo menos um dos seguintes documentos da pessoa falecida para declarar o óbito:

Cédula de Identidade
Certidão de Nascimento (em caso de falecidos menores) ou Certidão de Casamento
Carteira Profissional
Certificado de Reservista

Além disso, será necessário trazer o atestado de óbito emitido pelo médico da família ou pelo IML (Instituto Médico Legal).

6. Como fica o contrato em caso do falecimento do titular?
- A responsabilidade do contrato passa para os herdeiros, seguindo a sucessão legal, permanecendo inalterado os dependentes, independente do grau de parentesco.

7. Como proceder para ser cremado ?
- É preciso que a pessoa faça uma declaração registrada em cartório manifestando o desejo de ser cremado. Caso queira o modelo da declaração, entre em contato com a empresa. Na ausência da declaração, para casos de morte natural, será necessária a presença e a autorização de dois parentes diretos para a execução da cremação e, em caso de morte violenta (acidental), é ainda necessária a autorização judicial.

8. Como proceder para doar órgãos ?
- O número de doadores de órgãos no Brasil cresce cada dia e, com ele, o índice de transplantes realizados no país. Atualmente, o programa público nacional de transplantes de órgãos e tecidos é um dos maiores do mundo. Para ser doador, não é necessário deixar documento por escrito. Cabe aos familiares autorizar a retirada, após a constatação da morte encefálica. Neste quadro, não há mais funções vitais e a parada cardíaca é inevitável. Para maiores informações, acesse http://www.brasil.gov.br/sobre/saude/doacao.